TRF determinou a prisão imediata de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi   Conexão Política

TEMPO, ordenou a prisão imediata de Jorge Picciani, Paulo Melo, Edson Albertassi – Conexão-Política

Depois de uma decisão unânime do tribunal regional federal (TRF-2 foi determinada a devolução dos deputados , Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos os que OLHARAM para a prisão. Por 5 votos a 0, os juízes decidiram, por uma nova e imediata prisão dos deputados, que havia sido lançado pela Alerj, sem a qual a decisão foi comunicada oficialmente ao tribunal.

“Você só pode liberar aqueles que podem determinar a prisão”, disse o juiz Abel Gomes. O juiz relator, no caso, a Alerj tem agido contra o estabelecido na constituição, o que justifica o retorno dos deputados na prisão.

O desembargador Paulo Espírito Santo, tem também o voto do relator, e ele disse, “o juiz, ao MINISTÉRIO público, para que os advogados? O que eu vi na sexta-feira, ele me deixou atordoado. Com um carro preto, a Alerj. Parecia um resgate de bandidos.” O espírito Santo terminou o seu voto, ele citou uma canção da banda Legião Urbana, “Que País é Este”.

A justiça de Simone Schreiber, e os juízes Messod Azulay Neto, Marcelo Ferreira de Souza, por escrito, também acompanhou a votação completa do relator.

Fonte: conexaopolitica.com.br/ultimas/trf-determinou-a-prisao-de-jorge-picciani-melo-e-albertassi