23.4 C
Brasília
6 agosto 2020

Senadora pediu suspensão das redes sociais de Lula. Você Concorda?

Senadora pediu suspensão das redes sociais de Lula. Você Concorda?Senadora pediu suspensão das redes sociais de Lula. Você Concorda?
Senadora pediu suspensão das redes sociais de Lula. Você Concorda?

Nesta última quinta-feira (15), a senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) anunciou que enviou um ofício às redes sociais Instagram, Facebook e Twitter a fim de que as redes sociais do ex-presidente Lula sejam suspensas.

De acordo com a parlamentar, que também é advogada inscrita na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Lula não deveria ter acesso a nenhum tipo de comunicação, já que encontra-se na condição de presidiário.

Acompanhe nossas atualizações em seu Facebook siga nossa Página!

Em vídeo, a senadora fundamentou seu pedido com base no artigo 50 da LEP (Lei de Execuções Penais).

“Comete falta grave o condenado à pena privativa de liberdade que: tiver em sua posse, utilizar ou fornecer aparelho telefônico, de rádio ou similar que permita a comunicação com outros presos ou com ambiente externo”, disse.

E completou a senadora Soraya Thronicke:

“Todos são iguais perante a lei. Se nenhum outro preso pode ter essa comunicação, Lula também não. Por isso, eu oficiei o Twitter, Facebook e Instagram para que suspendam as contas oficias do senhor Lula”.

Por meio de nota, a assessoria do ex-presidente afirmou que as contas do petista nas redes sociais são gerenciadas pela assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Ministro Jorge Oliveira tem resultado positivo para covid-19

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, foi diagnosticado com a covid-19, informou nesta terça-feira (4) a assessoria da pasta. Segundo a nota...

nOTÍCIAS rELACIONADAS

Ministro Jorge Oliveira tem resultado positivo para covid-19

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, foi diagnosticado com a covid-19, informou nesta terça-feira (4) a assessoria da pasta. Segundo a nota...