13 C
Brasília
28 maio 2020

Quem é Deltan Dallagnol?

Quem é Deltan Dallagnol?
Quem é Deltan Dallagnol?

Confira quem é Deltan Dallagnol, o jurista trabalha como Procurador desde o ano de 2003 e ganhou notoriedade nacional ao atuar na Operação Lava Jato.

Portanto, a maior investigação contra a corrupção da história do Brasil.

Acompanhe nossas atualizações em seu Facebook siga nossa Página!

Deltan no entanto coordenou a força-tarefa da investigação, que é composta por 11 procuradores.

Vida pessoal de Deltan Martinazzo Dallagnol

O procurador de 39 anos nasceu em 29 de janeiro de 1980, é protestante e frequenta uma Igreja Batista localizada em Curitiba.

Contudo Deltan é casado e tem um casal de filhos.

Mas nas horas livres, o jurista pratica surf e anda de skate.

Em sua conta no Twitter, ele se descreve com um seguidor de Jesus.

Formação profissional do procurador Deltan Dallagnol

- publicidade -

Deltan estudou desde os dois anos de idade no colégio Mater Dei, localizado em Pato Branco, no Paraná. No ano de 2016, o procurador voltou ao colégio para fazer uma palestra intitulada de “A sociedade contra a corrupção”. A professora que ensinou Deltan no ensino fundamental lembra que ele passava longe da “turma da bagunça”, pois era um aluno dedicado e muito educado ao falar.

Continue a leitura para saber Quem é Deltan Dallagnol!

Depois do ensino médio, no entanto Dallagnol cursou Direito na mesma universidade em que o juiz Sérgio Moro se formou, a Universidade Federal do Paraná. Um ano depois, quando contava com apenas 22 anos de idade, ele passou no concurso para Procurador do Ministério Público Federal (MPF). Entretanto depois, se tornou mestre pela Universidade de Harvard e estudou sobre “provas indiretas”. Além disso, Deltan é especialista em crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro.

Atuação profissional

O procurador participou do trabalho “as 10 medidas contra a corrupção”, que é um projeto de Lei que chegou à Câmara dos Deputados com mais de 2 milhões de assinaturas de brasileiros cansados de tantos crimes com dinheiro público.

Contudo antes da operação Lava Jato, Deltan já havia atuado no famoso caso Banestado. Em sua atuação na Operação Lava Jato, Dallagnol teve um grande destaque ao fazer uma apresentação de Power Point em que descrevia as acusações que pesavam contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas em setembro de 2016, o procurador e parte de sua equipe realizaram a apresentação e intitularam Lula como o “maestro de uma orquestra criminosa”.

 

Quem é Deltan Dallagnol?

O Power Point rapidamente virou meme na internet, tanto por apoiadores das acusações como por defensores do petista. Apesar de não ter sido dita, a afirmação “não temos prova, mas temos convicção” viralizou na internet e foi defendida por simpatizantes de Lula que queria provar que não haviam provas suficientes contra o petista.

Um dos juristas que antipatizam com a Lava Jato afirmou que a acusação não teve provas explícitas sobre o envolvimento do petista no esquema de corrupção e foi baseada apenas em depoimentos de delações premiadas. O ex presidente da República aproveitou a apresentação para mover um processo contra Deltan. No entanto, a petição de Lula foi rejeitada no final do mês de dezembro de 2017 na 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo. Lula ainda entrou com um recurso, mas foi rejeitado por unanimidade no início de setembro de 2018, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Destaques em palestras

Devido ao seu entusiasmo no combate contra a corrupção e seu notório saber jurídico, Dallagnol é convidado frequentemente para palestrar pelo país. Um dos professores da Universidade em que Deltan se formou define o procurador como pertencente à nova classe de juristas que tem a média de idade de quarenta anos, é atualizado com as mídias digitais e, por isso, possui poder de síntese. Além disso, essa nova geração acredita que é possível transformar o país e, por isso, é extremamente engajada na luta contra a corrupção. As seguintes frases são de autoria de Deltan:

 

“Se você acha que o Brasil não tem jeito e veste a camisa do complexo de vira-lata, esta mensagem é para você. É possível um Brasil diferente, pois a hora é agora. A Lava Jato está fazendo a sua parte.”

“Não só o maior caso de corrupção internacional no mundo foi descoberto pelas autoridades brasileiras, mas também foi alcançado o maior ressarcimento na história mundial em acordos dessa espécie.”

“A impunidade é um dos principais fatores de estímulo a este tipo de prática” (falando sobre a corrupção).

Prêmios recebidos pelo seu trabalho

O trabalho do Procurador no entanto tem repercussão nacional e internacional. Por esse motivo, ele já recebeu as seguintes premiações:

  • Global Investigations Review (GIR). Esse site é reconhecido como um canal que noticia informações sobre diversas operações de investigações contra a corrupção ao redor do mundo. O GIR resolveu celebrar os melhores investigadores e suas técnicas de combate à corrupção. Contudo a força-tarefa comandada por Danton ficou com o prêmio em setembro do ano de 2015 e disputou com casos nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Romênia e na Noruega.

 

  • Prêmio Anticorrupção. Ainda em 2016, o Prêmio Anticorrupção da Transparência Internacional foi recebido pela Operação Lava Jato. A operação comandada por Deltan ainda foi elogiada pelo motivo de punir os corruptos, independentemente de seu poder político.

Prêmio Anticorrupção

  • Ajufe: Boas Práticas de Gestão. Também no mês de maio de 2016, o Procurador recebeu o prêmio “Prêmio Ajufe: Boas Práticas de Gestão”, organizado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). Dallagnol levou o primeiro lugar na categoria de “Boas práticas para a eficiência da Justiça Federal”.

 

  • Prêmio Innovare. No mês de dezembro de 2016, a Lava Jato foi premiada com o Innovare. Esse prêmio é classificado como o maior prêmio existente na Justiça brasileira. Disputando com 51 concorrentes, na categoria exclusiva do Ministério Público a operação de Dallagnol foi premiada.

 

  • Prêmio da International Association of Prosecutors. Esse prêmio contempla os membros que fazem parte do Ministério Público e se destacam pela dedicação em sua atividade profissional. No mês de setembro de 2018, o procurador levou o Prêmio por Realização Especial elaborado pela International Association of Prosecutors, localizada em Johanesburgo.

 

  • Prêmio República. A Lava Jato recebeu o prêmio especial, com o título hors concours, em maio de 2016. A categoria em que a operação foi condecorada foi de “Combate à Corrupção” no “IV Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal”. O Ministério Público no entanto concedeu o prêmio à onze operações anti corrupção.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Procuradora diz que inquérito do STF é ‘ilegal’ e ‘inconstitucional’

A procuradora da República Thaméa Danelon, ex-coordenadora da força-tarefa da Lava Jato em São...

AO VIVO: Acompanhe o lançamento do primeiro foguete espacial tripulado a partir do solo americano em uma década

Pela primeira vez em quase uma década, astronautas dos EUA estão prestes a voltar...

“Ditadura da toga”, diz Silas Malafaia em referência às operações a pedido do ministro Alexandre de Moraes

O pastor Silas Malafaia se pronunciou sobre a operação da Polícia Federal no inquérito...

PGR investiga Doria e outros sete governadores

A Procuradoria-Geral da República está investigando a gestão de oito governadores por suspeitas de...

nOTÍCIAS rELACIONADAS

Procuradora diz que inquérito do STF é ‘ilegal’ e ‘inconstitucional’

A procuradora da República Thaméa Danelon, ex-coordenadora da força-tarefa da Lava Jato em São...

AO VIVO: Acompanhe o lançamento do primeiro foguete espacial tripulado a partir do solo americano em uma década

Pela primeira vez em quase uma década, astronautas dos EUA estão prestes a voltar...

“Ditadura da toga”, diz Silas Malafaia em referência às operações a pedido do ministro Alexandre de Moraes

O pastor Silas Malafaia se pronunciou sobre a operação da Polícia Federal no inquérito...

PGR investiga Doria e outros sete governadores

A Procuradoria-Geral da República está investigando a gestão de oito governadores por suspeitas de...