Ministro do STJ rejeita liminar para soltar Jorge Picciani e Paulo Melo   Conexão Política

O ministro do supremo tribunal federal rejeita liminar para a liberação de Jorge Picciani, e Paulo de Melo – Conexão-Política

O presidente da Alerj, Jorge Picciani, e o seu antecessor no cargo, o deputado Paulo Melo, ambos do PMDB, havia solicitado uma liminar da liberdade rejeitou na sexta-feira (28), pelo ministro do Superior Tribunal de justiça (superior tribunal de justiça), Felix Fischer.

O tribunal considerou que não há urgência para o lançamento dos dois deputados, que estão bloqueados preventivamente. Jorge Picciani, e Paulo Melo, foram presos na Operação, a Cadeia velha, velha, excluindo o Lava-Stream, que investigou o esquema de corrupção envolvendo membros da Alerj, e o governo da população.

A decisão do ministro, os pedidos de habeas corpus deve ser enviado para manifestação do Ministério Público federal (MPF) e, em seguida, para ir a julgamento na Quinta Turma do superior tribunal de justiça, possivelmente, no final de dezembro.

Fonte: conexaopolitica.com.br/politica/ministro-do-stj-rejeita-liminar-para-soltar-jorge-picciani-e-paulo-melo