Cúpula quer PT fora da corrida presidencial caso Lula seja condenado   Conexão Política

A cúpula quer que o PT fora da corrida presidencial se o Lula é para ser condenado – Conexão-Política

Imagem: Reprodução

Na sexta-feira (15/12), o Partido dos Trabalhadores (PT) vai ser uma assembleia geral para decidir o futuro de aplicação interna de Luiz Inácio “Lula” da Silva, no palácio do planalto. No caso em que A Terceira Fase da Greve” incidirá sobre o julgamento do ex-presidente.

Nos bastidores do evento, a uma ala do partido, defender o governo na ausência de um símbolo na corrida presidencial se o ex-presidente é condenado na segunda instância, e haverá um discurso pesado sobre a “perseguição política” e um “embuste”.

O julgamento de segunda instância no processo de tríplex, que pode exigir o envolvimento do ex-presidente brasileiro, Luiz Inácio “Lula” da Silva (PT) nas eleições realizadas no ano de 2018, a data foi definida para o dia 24 de janeiro. Em julho, o governo Lula, foi condenado a nove anos e meio de prisão, em primeira instância, pelo juiz Sergio Moro, dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Fonte: conexaopolitica.com.br/politica/cupula-quer-pt-fora-da-corrida-presidencial-caso-lula-seja-condenado