A notícia de que Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública do atual governo, teria sido convidado para ministrar aulas no curso de Direito na Universidade de Notre Dame, deixou eufóricos os 65 mil brasileiros que residem na Grande Indianápolis, popularmente conhecida como Cidade Sorriso.

A universidade fica em South Bend, Indiana, cerca de 234 quilômetros de Indianápolis e 151 quilômetros de Chicago.

Até o momento ninguém sabe dizer se o ex-juiz e atual ministro do governo Bolsonaro realmente vai aceitar o convite.

No ano passado, Sérgio Moro recebeu pela Notre Dame o título de Doutor em Direito honoris causa. Na mesma instituição, os ex-presidentes da República Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, condenado por Moro durante a operação Lava Jato, e Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, receberam o Prêmio Notre Dame, em 2003.

Entre os brasileiros que residem nos Estados Unidos, há também rumores de que Sérgio Moro estaria conversando sobre a possibilidade de dar aulas em outras duas universidades: a Georgetown University em Washington (DC) e Columbia University, em Nova Iorque.

Moro ganhou reconhecimento a nível nacional e internacional após comandar o julgamento em primeira instância de réus da Lava Jato. Segundo o Ministério Público Federal, a operação desarticulou o maior esquema de corrupção da história do Brasil.

Em 2017, ainda juiz, Sergio Moro condenou o ex-presidente Lula a nove anos e seis meses de prisão. Foi a primeira vez em que um ex-presidente do Brasil foi condenado criminalmente. A decisão foi mantida em segunda instância e Lula encontra-se preso até hoje na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Fonte: 1News