Operação do Ministério Público do Rio prende ex-governadores Garotinho e Rosinha

Garotinho e Rosinha são presos pela Lava Jato no Rio de Janeiro
Garotinho e Rosinha são presos pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Motivo é superfaturamento em contratos entre Prefeitura de Campos e Odebrecht, para construção de casas populares dos programas Morar Feliz I e Morar Feliz II

O Ministério Público do estado prendeu, na manhã desta terça-feira (3), os ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus. Além dos dois, outras três pessoas são alvo da operação: Sérgio dos Santos Barcelos, Ângelo Alvarenga Cardoso Gomes e Gabriela Trindade Quintanilha.

Os pedidos foram feitos em função de investigações sobre superfaturamento em contratos celebrados entre a Prefeitura de Campos e a construtora Odebrecht, para a construção de casas populares dos programas “Morar Feliz I” e “Morar Feliz II” durante os dois mandatos de Rosinha como prefeita (2009/2016).

Deixe uma resposta