Carlos Bolsonaro seria miliciano digital, disse Marco Antônio Villa
Carlos Bolsonaro seria miliciano digital, disse Marco Antônio Villa

Gustavo Bebianno afirma que foi demitido do governo por Carlos Bolsonaro. Em entrevista exclusiva ao programa “Os Pingos nos Is”, o ex-ministro afirmou que o filho do presidente é um destruidor de reputações, mas reforçou que tem afeto por Jair Bolsonaro.

Áudios comprovam conversas entre Gustavo Bebianno e Jair Bolsonaro quando o presidente ainda estava internado em São Paulo. Os três arquivos divulgados pela revista Veja contrariam o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, que afirmou que as conversas entre os dois eram uma mentira absoluta.

“A entrevista foi importante. Tudo o que foi dito já tínhamos comentado aqui: a instabilidade do Carlos, a influência dele e o que influencia na esfera pública. A longa entrevista de Bebianno mostra isso. Qualquer brasileiro que tenha responsabilidade lamenta esses acontecimentos. E o Carlos? Continua em Brasília, recebeu até visita da mãe. Ele é um miliciano digital, ele não vive no real, no concreto, não sabe construir maiorias, ouvir. Ele tem ação de guerra e entende a política, os adversários, como inimigos. Ele é elemento nocivo à política”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo:

Deixe uma resposta